Quando o melhor candidato não é o melhor candidato para a vaga

picnowhiringweb750xx12006750126

Nos últimos dias abri uma vaga na área financeira e acabei recebendo uma quantidade grande de currículos maravilhosos. 

Fiquei tentado a contratar uma pessoa muito além da minha necessidade pelo excelente currículo que tem.

Quem não contrataria ? Seria a solução de todos os problemas. 

Mas aí comecei a pensar no seguinte :

  • o que ofereço é tão bom quanto o que quero ?
  • Trazer alguém que faz e conhece muito mais do que preciso é necessário ?

Como gestores de pessoas temos que nos ater ao fato de que podemos estar atrasando o desenvolvimento de um profissional super capacitado, porque nossas demandas e, principalmente, nossas oportunidades futuras são muito menores do que o potencial demonstrado pela pessoa.

Em quanto tempo um profissional desses ficaria desestimulado pela falta de oportunidades ? Pela falta de desafios ?

Isso vale para os candidatos também. Algumas vezes dizer não para uma vaga que não nos atrai profissionalmente, mesmo com uma quantidade grande de boletos atrasados para pagar, nos permite obter algo melhor mais pra frente.

É como o ditado : usar bala de matar elefante para matar formiga não dá.

No caso, a formiga terá morrido antes, de tédio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s